• facebook
  • youtube
  • instagram
  • flickr
  • linkedin
  • twitter

Belém, capital do estado do Pará com 1,5 milhão de habitantes, tem 65% de seu território distribuído por 39 ilhas. Este patrimônio geográfico oferece à cidade uma diversidade de produtos alimentícios locais como frutos do mar, açaí, cacau e pupunha. A gastronomia está ancorada na vida da cidade, pois abriga o histórico mercado de alimentos, o Ver-o-Peso, que deu origem ao maior festival anual da região amazônica dedicado à gastronomia. Hoje, o setor desempenha um papel importante na economia local, empregando 43 mil pessoas.

 

Belém assume um papel fulcral no reconhecimento do campo da gastronomia nas políticas culturais locais e nacionais. Em setembro de 2013, a cidade sediou a primeira Conferência de Gastronomia Amazônica, que resultou em um pedido ao poder público federal para o reconhecimento da gastronomia em todas as políticas públicas relacionadas à cultura. A proposta foi aprovada dois meses depois pela Conferência Nacional de Cultura do Ministério da Cultura.

Pratos Locais

01

Açaí

Local:

Muito conhecido e adorado pelos brasileiros, no Pará e em todos os estados da região amazônica, o açaí é um acompanhamento indispensável na hora da comer: ele pode ser consumido de diversas formas com farinhas, grãos e peixes (sim, peixes!). A principal diferença do açaí paraense para o açaí que comemos em todo país é o doce e a temperatura: no Norte, ele é consumido in natura, sem adição de frutas, xarope de guaraná para adoçá-lo, além de não ser refrigerado, sendo consumido em temperatura ambiente, o que preserva o gosto forte e bem característico da própria fruta, além de uma cor mais encorpada e textura mais cremosa.

Pratos com Peixes de Água Doce

Local:

O Pará conta com uma grande extensão de rios nos quais habitam as mais diversas espécies de peixe de água doce. Pirarucu, tambaqui, filhote e muitos outros transitam entre os pratos paraenses em diferentes preparos: cozidos, grelhados, fritos, com molhos e até mesmo com crosta de ervas ou castanha-do-pará! Além disso, é comum servir esses peixes acompanhados de legumes, farinha, arroz e até mesmo açaí!

Tacacá

Local:

O tacacá é um prato de origem indígena muito conhecido em todo território nacional. É feito com base de tucupi, goma de tapioca, camarão e folhas de jambu refogadas. É um caldo quente servido com bastante pimenta. Em Belém, é possível encontrar as famosas “tacacazeiras” em cada esquina — cozinheiras que fazem o tacacá e são consideradas Patrimônio Cultural Imaterial de Belém — vendendo o prato, que carrega cultura e história de gerações para as mesas dos paraenses.

Explore e Descubra em Belém

-

Conheça mais sobre as outras Cidades Criativas

Navegue pelo mapa, conheça as cidades criativas e explore uma das cidades gastronômicas do Brasil.

Up Florianópolis Up Paraty Up Belo Horizonte Up Belém Up
Endereço: Acate Downtown Rua Felipe Schmidt, 853 Centro - Sala 02 Florianópolis | SC 48 3251 0595 contato@observagastronomia.com.br
Fique por dentro de tudo que acontece no Observatório da Gastronomia das Cidades Criativas. Inscreva-se em nosso newsletter para receber as principais informações e notícias sobre a rede produtiva da gastronomia nas Cidades Criativas Unesco.